Exposição Com Nevoeiro

Paisagens com grandes áreas claras, como paredes brancas, nuvens, neve ou nevoeiro, acabam frequentemente por enganar o sensor da máquina fotográfica, levando a que a fotografia fique subexposta. Facilmente se percebe olhando para as imagens abaixo que a primeira foto, tal como é nestes casos captada pela máquina, apresenta uma gama dinâmica reduzida, sendo o resultado uma fotografia com contraste reduzido.

Também através do histograma é possível identificar o problema. Um histograma correcto (na generalidade das situações) deve ocupar toda a largura do gráfico (direita), enquanto uma exposição deficiente se traduz num histograma com maior concentração de tons no centro do mesmo (esquerda).

Este é um problema bastaste comum mas de fácil resolução, bastando utilizar a opção de compensação de exposição (se não se estiver a utilizar o modo manual), que pode ir de 1/2 a 2 a 3 stops, conforme a severidade da subexposição e o efeito final pretendido. Em modo manual deve-se ajustar um dos valores, o tempo de exposição ou a abertura, de maneira a oferecer uma compensação idêntica.

A segunda fotografia apresenta já uma exposição mais correcta, sendo o resultado muito mais próximo da realidade.

Nota: A primeira imagem foi subsposta em photoshop a partir da segunda, para fins ilustrativos. É essa a razão de não apresentar os dados exif comparativos.

Anúncios

1 Comentário

Filed under Conceitos

One response to “Exposição Com Nevoeiro

  1. Estás a ficar um mestre.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s